Esquadrão de Aviação de Caça da FAB atinge 70 Mil Horas de Voo

Esquadrão de Aviação de Caça da FAB - Esquadrão Escorpião - atinge 70 Mil Horas de Voo


Eram 8 horas e 50 minutos da última quinta-feira (16), em Boa Vista (RR), quando uma formação com quatro aeronaves A-29 do Esquadrão Escorpião (1°/3° GAV) decolou para realizar um voo de treinamento e formação de Líderes de Esquadrilhas da Aviação de Caça. Seria uma missão rotineira se, com ela, o esquadrão não tivesse alcançado a expressiva marca de 70 mil horas voadas em seus 21 anos de existência.

Para o Tenente Aviador Danyel Costa Barbosa Abdala, piloto em formação que liderou a Esquadrilha na missão, a sensação de alcançar a marca foi ímpar. “Além da responsabilidade de conduzir a esquadrilha, de atingir os critérios estabelecidos para o sucesso na instrução, busquei levar todo o suor e garra de todos aqueles que por aqui passaram e deixaram o seu legado”, contou.

FAB celebra dia da Aviação de Asas Rotativas

O comandante do Esquadrão Escorpião, Tenente-Coronel Aviador Ricardo Bevilaqua Mendes, ressalta que a meta alcançada concretiza o trabalho de homens e mulheres que dedicaram seus esforços para que a unidade alcançasse essa marca com segurança e constante melhoria de desempenho. "Por trás de cada hora voada, há muito mais horas dedicadas à correta manutenção, à administração dos recursos humanos e ao preparo dos pilotos para aplicar toda gama de conhecimento na nacele do seu avião”, ressaltou o comandante.

Ele também falou do futuro da unidade, que passa por mudanças para se adequar à reestruturação da FAB. “O momento em que alcançamos essa marca coincide, de maneira oportuna, com os novos rumos que o Esquadrão vai seguir. O Setor de Material, no qual os Militares estiveram envolvidos na manutenção dos vetores de combate, passará a ser um Grupo Logístico inserido na Ala 7, assim como o Escorpião, recebendo novas atribuições e com nova subordinação”, disse.

A cerimônia para recepção das aeronaves e dos pilotos que estavam presentes no voo contou com a participação de todo o efetivo e ex-integrantes do esquadrão.


O Escorpião - Ativado em 28 de setembro de 1995, o 1°/3° GAV é conhecido por ser a primeira unidade de caça no hemisfério Norte e atuar na defesa da Amazônia setentrional. Inicialmente, operando aeronaves T-27 Tucano, fazia parte da extinta Aviação de Ataque.

Dez anos após a sua criação, já como Unidade Aérea da Aviação de Caça, o Esquadrão Escorpião recebeu as primeiras unidades dos modernos vetores que reequiparam a linha de voo do 1°/3° GAV: o A-29 Super Tucano. Uma aeronave de fabricação nacional que conta com uma aviônica moderna e interface homem-máquina avançada, que permite precisão tanto nas navegações, quanto no emprego do armamento.

Atualmente, o Escorpião tem como objetivo alcançar a excelência operacional no cumprimento de missões de ataque, apoio aéreo aproximado, reconhecimento armado, interceptação e formação de líderes de esquadrilha da aviação de caça.


Fonte: Força Aérea Brasileira
Esquadrão de Aviação de Caça da FAB atinge 70 Mil Horas de Voo Esquadrão de Aviação de Caça da FAB atinge 70 Mil Horas de Voo Reviewed by AJ Mesquita on 23:22:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Facebook

Tecnologia do Blogger.