PROFESP concorre a Prêmio Internacional

Programa Forças no Esporte concorre a Prêmio Internacional em Mônaco

O Programa Forças no Esporte (PROFESP), uma parceria entre os ministérios da Defesa (MD), Esporte, e Desenvolvimento Social e Agrário, foi selecionado para concorrer ao prêmio Peace and Sports Awards. O evento ocorre entre os dias 23 e 25 de novembro no principado de Mônaco. O vencedor (projeto significativo do ano dedicado à paz, por meio do esporte) será escolhido por um jurado especial e anunciado em uma cerimônia, no dia 24 de novembro.

"Foi uma grande alegria receber a notícia de que o PROFESP foi selecionado como uma das três melhores iniciativas dentre as muitas a se candidatarem em âmbito mundial. É o reconhecimento internacional de um programa que tem feito toda a diferença na vida dos milhares de jovens e crianças”, ressalta o Vice-Almirante Paulo Martino Zuccaro, diretor do Departamento de Desporto Militar (DDM), do Ministério da Defesa.

O concurso, disputado em oito categorias, é promovido pela Peace and Sport, organização fundada em 2007 pelo medalhista olímpico e campeão mundial do pentatlo Joel Bouzou. O objetivo é premiar iniciativas e pessoas que contribuíram com a paz e o desenvolvimento social por meio do esporte.

O Programa Forças no Esporte foi indicado na categoria "Federation of the Year". Para concorrer, o Ministério da Defesa (MD), enviou um vídeo-documentário, de aproximadamente dois minutos, produzido pelo Centro de Comunicação Social da Aeronáutica (CECOMSAER), para a comissão julgadora em Mônaco. Nesse trabalho, apresentam-se, por meio de depoimentos de crianças, adolescentes e professores, as melhorias trazidas aos participantes do PROFESP, projeto direcionado para jovens em condições de vulnerabilidade social.

“O programa demonstra que a mesma competência com a qual exercemos nossa atividade-fim também determina o sucesso de nossas demais contribuições ao desenvolvimento nacional”, explica o Vice-Almirante Zuccaro.

Criação - Criado em 2003, o programa atendia aproximadamente 500 crianças, jovens e adolescentes, entre 7 e 17 anos, da rede pública de ensino. Em 12 anos, esse panorama ganhou novos contornos. A quantidade de beneficiários em 2016 atingiu 20 mil alunos, 40 vezes maior que o número inicial. Além disso, o apoio das Organizações Militares passou de quatro para 154, contemplando 89 cidades, de 26 estados. No início, apenas Rio de Janeiro, São Paulo e Brasília participavam do projeto.

Cada núcleo onde é desenvolvido o PROFESP é composto de um grupo de 100 crianças, sob a orientação de um coordenador e um monitor, que desenvolvem atividades esportivas e complementares no contraturno escolar. São oferecidas modalidades coletivas e individuais. Além disso, há reforço escolar, orientações sobre saúde e palestras relativas à cultura, artes e ações ambientais.

Ao longo dos anos o programa também sofreu algumas modificações. Uma delas foi a ampliação da faixa etária, passando a ser de 6 a 18 anos, permitindo condições de fechar o ciclo da inclusão social, com o alistamento militar ou com as iniciativas de estágio para ingresso no mercado de trabalho ou ainda com o incentivo ao ingresso no esporte de alto rendimento para os talentos detectados.

De olho no futuro, o PROFESP já delineia suas linhas de atuação para os próximos anos. Uma delas é a parceria com o CIEE, com oferta de estágios, para que os jovens ao atingirem a idade limite no Programa tenham perspectivas para o mercado de trabalho. Estão sendo estudados, ainda, a implantação de um sistema de identificação de talentos no esporte e a incorporação da estrutura do Projeto Navegar, do Ministério do Esporte, permitindo incentivar e ofertar a modalidade esportiva de navegação à vela.

FAB - Atualmente, 25 Organizações Militares (OMs) da Aeronáutica desenvolvem o PROFESP em diversas localidades do País. Em 2015, o programa desenvolvido nas OMs da FAB atendeu 3,8 mil crianças e adolescentes. Para 2016, a expectativa é um aumento de cerca de 10%.

“Pretendemos incrementar esse número com a adesão de novas unidades e com a ampliação de núcleos do PROFESP já existentes”, explica o coordenador do programa no âmbito da Aeronáutica, Coronel Intendente R1 Lidércio Januzzi.

Fonte: http://www.fab.mil.br/
PROFESP concorre a Prêmio Internacional PROFESP concorre a Prêmio Internacional Reviewed by AJ Mesquita on 18:42:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Facebook

Tecnologia do Blogger.