Exército, Receita e Polícia Federal no Combate ao Tráfico de Armas

Exército Brasileiro, Receita e Polícia Federal realizam integração para combater Comércio Ilegal de Armas




A Diretoria de Fiscalização de Produtos Controlados (DFPC) , órgão do Exército Brasileiro que fiscaliza, entre outras coisas, o comércio de armas no país, está unindo esforços junto à Receita e a Polícia Federal no sentido de fortalecer o combate ao comércio ilegal de armamentos.

Nos últimos meses, o Exército realizou várias operações, coordenadas pelo Comando Logístico (COLOG), órgão ao qual o DFPC está subordinado, com o apoio das Polícias Civil, Militar, Federal, Rodoviária Federal e Receita Federal, em todo país, com resultados satisfatórios.

No Estado do Pará, por exemplo, 311 kg de pólvora, 189 armas, mais de 700 espoletas, 146 kg de chumbo e mais de 600 mil munições foram apreendidas.
Exército, Receita e Polícia Federal no Combate ao Tráfico de Armas Exército, Receita e Polícia Federal no Combate ao Tráfico de Armas Reviewed by AJ Mesquita on 01:57:00 Rating: 5

Nenhum comentário:

Facebook

Tecnologia do Blogger.